Categorias
Sem categoria

segredos

Sonhei que tinha recebido a minha caixa de pertences, enquanto eu abria, a tua voz invadia a minha mente explicando o que era cada coisa… Entre a escova de dentes, os brincos e os lacinhos do cabelo tinha uma caixinha de veludo preta, e eu podia sentir o teu sorriso nas minhas “espaldas”: “era o presente que eu te devia”. Eu fiquei em silêncio enquanto abria e descobria os pingentes ocasionais, com instruções de uso… “é cobre puro”. Depois caí em pranto, porque “apesar de”, tanto carinho em sonhos ainda me trazem momentos de ternura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s