Categorias
Sem categoria

stranger

Os meus olhos vêem o que o meu coraçãozinho esmigalhado espera. Às vezes não vêem nada, os pobres, de tão cansados. Outras vezes, ébrios, enxergam vultos de cumplicidade, deixas do acaso, resquícios de novo ponto.

Uma resposta em “stranger”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s