Categorias
Sem categoria

pequena reflexão/recado sobre os cinco minutos à beira de um carro, na chuva, segurando a sombrinha cor do vento com bolinhas vermelhas:

Príncipe: perdão, errei mais uma vez. Obrigada por haver guardado um bom presente de aniversário para mim. Mas querido, não mereço. Amor é coisa de se merecer, de se dar e receber na mesma medida. Eu não sei explicar, só posso te dizer: perdão, não mereço o teu mas queria tanto tanto tanto poder dar o meu. Tenho tanto tanto. Mas essas coisas, essas coisas eu não sei explicar.

Perdão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s