Categorias
Sem categoria

sobrancelhas

na sexta série tinha um colega cujo apelido era “toquinho”, ele me chamava de “sem sobrancelha”. é um trauma ter estes pelinhos tão loiros… pra quem nasceu careca, tê-los até que é uma sorte. na formatura do terceiro ano descobri que podia pintá-los e isso passou a ser um ritual matinal: lápis marrom sutil sobre cada pelinho. deixa o olhar mais seguro, traça um perfil de mulher mais, mais, assim, mulher, segundo um amigo gay. ninguém percebe, eu acho. mas o que me incomodou hoje, enquanto escovava os dentes e semi-dormia no espelhinho do banheiro foi ver o quão afastadas são uma da outra! cara, tem espaço pra mais uma testa ali!! ai ai… ou um terceiro olho!

Uma resposta em “sobrancelhas”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s