Categorias
Sem categoria

carnaval

não gosto.
acho uma cultura cara e dispensável. é. sim, pode ser bem lucrativa. claro, o turismo… mas estou no meu direito de não gostar. a televisão me deprime. sim, eu pulei carnaval dos 14 aos 16 anos. é. eu era de um bloco chamado “bixo à toa”. eu levantava o meu astral e torcia a camiseta na pia do banheiro pra tirar o suor. é. colava lantejoulas no all star e fazia coquinhos no cabelo. a-aham. eu fui e me diverti. eu gosto das marchinhas, tem umas tão bonitas. eu gosto quando estou inserida. ontem, no bunker, com os tios tocando tudo aquilo… eu queria ter uma máscara e rodopiar no salão. é. foi a única noite desse meu carnaval e acabei dentro de um taxi vendo o mundo desmoronar. foi estranho. não gosto de carnaval. não sei porque insisti em “dar um rolé” e sorrir pra essa gente toda que nunca se decide sobre o que quer. nem eu.

A luz vermelha, a polar e a luara.

Sassassaricando, porque sem sassaricar, essa vida é um nó.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s