Categorias
Sem categoria

dos cansaços

De levantar cedo. De dormir tarde. De insônia. Do quarto pequeno. Do esmalte vermelho desejo no canto da unha. Das amigas indo embora. Do dinheiro da viagem indo embora. Do projeto dando errado. De dirigir. Das cervejas bebidas. Das calorias adquiridas. Dos passados constantes. Dos futuros distantes. Das relações amenas. Dos ciúme. Da saudade. Das intrigas. Dos folhetos de mercado. Da falta de tempo. Do excesso de vontade. Dos estranhamentos. Do encantamento. Do desastre. Da compulsividade. Da sofreguidão. Da carência. Do contato contado. Do exato. Do excesso. Do excesso. Do livro aberto. Da revista lacrada. Do plano desfeito. Da mola quebrada. Da folha rasgada. Do poema cuspido. Do tanto e do nada. Do cansar-se em vão. Do cansar-se em glória do que não existe.

Uma resposta em “dos cansaços”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s