Categorias
Sem categoria

instantes

(frio, sete e meia da noite, perto do teatro, 30 cm de distância)

_então você vai mesmo?
_ainda não sei…
_você vai.
_é, eu vou.

(silêncio, 50 cm de distância, ele com mãos pra trás, ela com o lucky tremendo)

_decidido decidido?
_não, ainda não…
_sei. o que te faria ficar?
_não sei. não sei mesmo

(olham-se profundo, ela suspira, ele toma o cigarro dela)

_você tem medo.
_é? do quê?
_de admitir coisas.
_que tipo de coisas?
_você tem medo de parecer fraca.

(silêncio, ela olha para o chiclete verde velho descascando no chão entre os sapatos, ele olha para o céu)

_talvez eu tenha mesmo.
_vamos entrar em algum lugar, faz frio.
_preciso ir, há muitas coisas pra fazer.
_imagino. te acompanho até o ponto.
_não precisa não, volte lá com eles.
_eu vou.

(caminharam, nenhuma palavra)

_bem, lá vem ele.
_é. quando nos vemos?
_amanhã lá pela terceira fila lateral, me pisca e eu te pisco.

(ela subiu no ônibus e pode ver a gola do casaco verde-surrado atravessando a rua)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s