Categorias
Sem categoria

pontos

: eu tinha uma melhor prima, na infância. aquela com a qual a gente passa as férias e se diverte pra caramba. a última vez que a vi, antes de ontem, eu tinha 12 anos. ela, 11. então ontem ela chegou e me apresentou o marido e o filho, Dieguinho, de 2 anos. uns bonitos. eu e ela, sem assuntos, apenas saudade.

: decidi ir trabalhar e viver em Buenos Aires.

: meia-noite na parada, lucky fumaceando e pára um jovem rapaz, no diálogo.
_tu não lembra de mim né?
(olhei, olhei)
_não.
_a gente foi colega no providência, até na tua casa já fui.
(tentei, tentei, nada…)
(meia hora de papo… nada.)
_Meu nome é Jonathan!
_O único Jonathan que eu me lembro era aquele desgraçado do Toquinho, que me apelidou de “sem sombrancelhas”.
(ele ficou roxo)
_aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahahaha: toquiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinho!!
_O próprio!
(e o papo seguiu uma meia-hora, tomado de insultos e risadas, esse guri me traumatizou, gente, mas hoje desabafei. muito querido ele agora, casado, responsável e trabalhador. ficou apavorado qdo eu disse que frequentava o dce).

Uma resposta em “pontos”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s