Categorias
Sem categoria

Spirulina, parte I

Spirulina é o nome dela. Rico nome deram pra ela. Rico em vitaminas, pelo menos. Me ligou agora pouco: “Carla, Carla, me ajuda”, ofegante. “Mas o que foi, Spiru?!”, perguntei eu, calmíssima (Spiru é o apelido, sacaram, néam?). “Eu tava saindo do restaurante aí vi ele e saí correndo esbaforida pra que ele me visse”. “E ele te viu?”. “Sim, viu até que eu uso anáguas”. “Como assim? Deu pra ele no meio do dia?!”. “Não, eu tava correndo esbaforida e ZAP, tropecei”. “Ai meu deus…” (nessa parte eu ri, ri muito). “Mas, mas ele te ajudou?”. “Me ajudou”. “De que forma?”. “Primeiro ele riu, depois veio e perguntou ‘Tá correndo por que, Spi-ru-li-na?’ (adoro que ele fala meu nome completo e cantando). Aí eu não sabia o que responder e disse: ginastica! Aí ele me ajudou a levantar e disse ‘Vocês mulheres são mesmo estranhas. Nunca vi ginástica de salto e saias em pleno meio-dia'”. “Ai Spirulina, só tu mesmo”. “Ai que vergonha”. “Ah querida… tem que ficar calma”. “Tá, mas agora ele vai rir de mim pra sempre!!”. “Talvez sim, mas oh, é assim que tu é”. “O azar foi estar usando as anáguas”.

2 respostas em “Spirulina, parte I”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s