Categorias
Sem categoria

Futebol

No princípio eram duas dúzias de caras correndo atrás de uma bola. No final também, agregando-se um pouco de violência, claro. Porque a fumaça dos foguetes não pode ser colorida? Não acham que é um jogo com regras muitos imbecis? Porquê não vão somando os cartões amarelos que um time “ganha” até que sejam 5 e isso seja transformado numa espécie de “cobrança de falta”. De que adiantam os cartões se a penalidade máxima é que um das duas dúzias perca o direito de correr pela bola? Porque os caras do bar ficam batendo as cadeiras no chão e berrando como se o juíz ladrão fosse ouvir? Estamos em Santa Maria, bonecos, o jogo é lá em Porto. Como a Polar é gostosa mesmo. Esses meninos da arquitetura são boas pessoas, francamente. Mas pensemos: se cada gol vale um ponto, um gol de falta deveria valer mais, não? Cotovelaços, chutes, boladas, empurrões, celulares voadores em campo. Porque não nos reunimos pra um torneio internacional de War ou STOP?

No fim, eu que odeio tanto os domingos me diverti consideravelmente muito. É bom indagar essas coisas, mesmo sabendo que a gente nunca vai ganhar pela argumentação. Afinal, os treinados para correr atrás da bola não podem investir muito tempo em matemática, não dá pra exigir tanto. Ah, tinha um com umas coxs incríveis, que quando caiu deixou aparecer a cueca vermelha, u m a g r a c i n h a de guri. Burra eu, que esqueci o santantonho em casa.

– – –

Bom resto de domingo!

Uma resposta em “Futebol”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s