Categorias
Sem categoria

Domingo

Num daqueles dias individuais. Uma vontade louca de gritar com qualquer pessoa que invada o teu espaço. Enjoada da própria voz. Querendo furar os olhos de alguém cuja forma você desconhece. Cansada das pessoas e das coisas repetidas.

Deitada embaixo de uma árvore sob uma grama verde limpinha. O vento massageando o espírito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s