Categorias
Sem categoria

deciles que me quedo.

Tenho certeza que tudo começou na pré-escola, naquelas férias frias e chuvorentas de julho em que chorei até a mãe comprar uma nova caixa de lápis de cor pra que eu pudesse ficar treinando em casa. O resultado foram várias estrelas na volta às aulas porque eu tinha feito trabalhinhos todos os dias. Mais tarde, na primeira série, a tia mandou levarmos latas vazias e um papel pra decorar. Sabem o que eu fiz? Levei tirinhas de papel crepom, fiz franjinhas, bolinhas e decorei a lata em mosaico: todos os coleguinhas foram embora e eu fiquei lá no colégio colando cada pedacinho colorido de papel na lata de nescau. Ficou uma obra de arte, preciso me vangloriar, deu trabalho mais ficou muito bom, tão bom que mereceu lugar de destaque na mesa da professora até o final do semestre.

Talvez, se naquelas primeiras férias da minha vida eu tivesse preferido ganhar um par de patins ao invéz dos lápis de cor, hoje eu estaria na praia.

2 respostas em “deciles que me quedo.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s