Categorias
Sem categoria

Passado do Presente não Indicativo


a cidade passando rápido pela janela embaçada do taxi e a moça com um baita motivo pra dar uma choradinha. respirou funto e apertou os olhos: nenhuma lágrima. que “choto”, pensou: nenhuma lágrima e tanto pensamento. apertou os olhos no intento de obrigar uma lágrima a descer pelas bochechas congeladas: negativo. esfregou os olhos, acomodou as mãos frias no casaco e pensou outra vez que a cidade passava rápido demais pela janela embaçada do taxi.

e você não teve olhos para ver que o parque era você a água você a névoa você a madrugada você as flores você os canteiros você o cimento você não teve mãos para mim só aquela ternura distraída a mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s