Categorias
Sem categoria

Por aqui, tudo mais ou menos organizado.

Categorias
Sem categoria

☂ macumbada

é isso. há mais de dois meses estou doente. desde sei lá, abril, não posso beber sem culpa. cada gole de cerveja é comparado a uma colher de gordura-super-saturada que desce pela goela e tranca no intestino. mas a doença mesmo começou com uma gripe fenomenal na primeira semana de férias. teve seguimento logo que cheguei em Buenos Aires e tive, pelo menos, três noites de tosse contínua (daquelas de não dormir e não deixar ninguém dormir). descartando todo o azar moderno que me ofendeu por lá, voltei sadia no meio da GripeA e pimba, dois dias em Santa Maria e uma gripe comum me atacou e pos na cama. tudo bem, tudo bom porque logo teria florianópolis e bons amigos. e tive, foi bacana participar daquela festa – de conhecer a bile de perto, dançar na boquinha da garrafa e perder a dignidade – pra sabem o quê? ir parar na unimed com mega-infecção na garganta, outdoors brancos no sininho, ter de cuspir a saliva num copinho porque simplesmente não descia pelo lugar comum. ok, eu só estava em florianópolis, não devo ter perdido muito. ok. voltei pra santa maria tomando antibióticos, na primeira segunda livre dos medicamentos fui num show de blues e na sequência tomei um pouquinho de vinho branco, afinal, é phino e útil beber vinho neste fril. ok. noite feliz. hoje, duas da tarde uma dor estranha no ouvido. assim. de leve… e agora? a garganta sangrando. quando isso vai parar?

meldels, que chegue dia 5 de uma vez, que eu entre logo na casa onde vai renascer o amor e a phe na vida. dels, to de saco cheio.