Categorias
Sem categoria

Domingo

fiquei com uma vontade enorme de te convidar para passear, andar nas bicicletas para duas pessoas e dividir um copo de suco com dois canudos. ou de deitar na sacada e conversar sobre qualquer coisa despretenciosa, de não te saber inteiro, de não me revelar, de conversar sobre as velhinhas que passam com seus penteados curiosos. só queria passar mais tempo contigo, de não te perder, de não deixar um intervalo muito grande. mas sem compromisso nenhum, tipassim:brincar de sério e pedra-papel-tesoura. qualquer coisa para apenas te ter por perto. mas fiquei com vergonha.

Categorias
Sem categoria

atualização ou, mãe, tá tudo bem

a internet da dona guillermina ta muito ruim. até o google trava. a semana anda corrida. tem um colóquio mega bom acontecendo no mestrado e, pra minha alegria individual, a maioria dos exponentes são brasileiros. o nome é “geografia celulares”, pois vem junto com uma exposição baseada na temática das tecnologias móveis. o dia da abertura foi do caralho, uma função chamada “shader”, projeção de fachada sobre fachada. animação e música eletrônica em cima disso tudo. na sexta fomos a um parque de diversões que fica uma hora em trem da cidade. andei em três montanhas russas e deixei pra vomitar na saída do brinquedo mais idiota. jogamos guittar-heroe e dançamos naquelas maquininhas de adolescentes. aí faleci até sábado, quando estudei o dia inteirinho e de noite fui numa festinha na casa do pai do amigo de um amigo de um colega, que tinha uma banda chamada “no banda” e a primeira música era do Jorge Ben. domingo eu não lembro. além de estudar acho que fui ao supermercado. sim. isso, fui ao supermercado e comprei uma balança. segunda e ontem foi colóquio e estudos. Terminei da analisar um frame do Deserto Vermelho, o primeiro filme colorido do Antonioni, pro trabalho final de ética, e depois comparei as éticas kantianas e deónticas. bom, fiquei até as cinco da manhã comparando as éticas e já ir postar no twitter alguma reclamação sobre este meu estado de pânico acadêmico, mas aí lembrei que no ano passado eu estava em pânico por passar os dias diagramando ofertas de mercado e não é moralmente bom reclamar se não é de verdade e se nosso estado atual não é de paz interior.

ta, mas o mais divertido é que fiz uma aposta engraçadíssima com duas colegas, tem a ver com a balança e aulas de dança latina. fui dormir seis da manhã e as 10h tinha que rebolar no meio de outras 30 mulheres.

fotinhos do parque pra animar a festa. ah, esqueci de contar que perdi as calças em um brinquedo. tá virando moda eu perder as calçar nos eventos, depois conto os detalhes